Conforme Cláusula 2.2., item 1 da Convenção Coletiva 2017/2018, disponível no site do Sindicato Nacional dos Aeronautas, o piso salarial do Comissário de Bordo é de R$ 2.127,44. Sobre este valor, somar-se-ão os adicionais e benefícios (compensação orgânica, gratificação pela função de chefe de cabine, horas de reserva, horas de sobreaviso, repouso remunerado, horas de voo diurna, horas de voo noturna, horas de voo aos finais de semana) e subtrair-se-ão os descontos legais. Sendo assim, o salário líquido de um Comissário de Voo   gira em torno de R$ 5.000,00 podendo variar.

Não prejudica em nada, pois no treinamento prático de sobrevivência você entrará na água com colete salva-vidas. Além disso, será auxiliado e monitorado por nossos instrutores, profissionais treinados e prontos para auxiliá-lo.

Na treinamento prático de sobrevivência você aprenderá e utilizará conceitos básicos de sobrevivência na selva e na água, combate ao fogo e técnicas de primeiros socorros após acidente aéreo e viverá situações que se apresentarão próximas de uma realidade. Você não precisa saber nadar, pois entrará na água com colete salva-vidas, auxiliado e monitorado por nossos instrutores, experientes profissionais treinados e prontos para auxiliá-lo.

Durante o curso você estudará as seguintes disciplinas: Segurança e Emergência, Combate ao Fogo, Sobrevivência na Selva/Mar/Deserto/Gelo, Sistema de Aviação Civil Internacional/Nacional, Segurança de Voo, Regulamentação da Profissão do Aeronauta, Regulamentação da Aviação Civil, Direito do Trabalho, Aspectos Fisiológicos, Primeiros Socorros, Conhecimentos Gerais de Aeronaves, Navegação Aérea, Meteorologia e Fatores Humanos na Aviação Civil.

Não. É necessário somente o ensino médio completo, comprovado mediante apresentação do histórico escolar.